O que seu filho quer ser hoje? (vídeo patrocinado por OMO)

Eu já quis ser executiva, bailarina, guia turística (porque não tem coisa melhor que conhecer história e lugares), atriz, psicóloga até que um dia decidi ser jornalista!

O marido já quis ser lixeiro, dentista, guerrilheiro (estilo Rambo), astronauta, fotógrafo de águas vivas (e essa é uma longa história) até que um dia decidiu ser publicitário.

Ultimamente tenho observado Benjamin brincar e penso: o que será que ele vai ser quando crescer?

Nesse momento de sua infância, o que posso fazer é proporcionar momentos que o faça desejar alguma profissão, provocá-lo a sonhar, além é claro, de participar efetivamente desse processo criativo.

Aqui em casa uma das coisas que permitimos é a brincadeira livre, ou seja, não colocamos impedimentos como: não mexer na terra, não andar descalço, não brincar com água, etc. Não tem coisa mais chata que alguém impedir você de experimentar, principalmente quando se é criança, quando já não temos permissão para muita coisa. 

O que vale é se sujar! E uma das coisas que Benzoca curte é brincar com tinta (brincadeira que a mamãe aqui também adora!).

Sem título-2

Fala se não é ótimo imaginar e explorar o que gostaríamos de ser?

Pensando nessa possibilidade, a OMO desenvolveu o projeto “Hoje eu quero ser”, onde apresentam, através de vídeos, crianças dos quatro cantos do mundo, experimentando na prática, as profissões de seus sonhos. Além disso, criaram atividades que motivam os pais explorarem junto com seus filhos essas profissões, só que em casa.

Se tem uma coisa que as crianças tem de sobra é: imaginação! E melhor, elas podem imaginar sem a preocupação dos adultos, da cobrança, da pressão em fazer tudo dar certo. Eles imaginam, sonham, tudo brincando.

Toda mãe quer o melhor para o seu filho. Desejamos que seja bem sucedido, tenha uma carreira brilhante, seja inteligente, saiba aproveitar as oportunidades.

Acho que o mais importante do que querer que o nosso filho siga determinada profissão, é encorajá-lo e incentivá-lo a buscar o seu sonho. Quando examino meu Ben brincar, penso milhares de profissões promissoras para ele.

Hoje me parece que Benjamin será músico, pois demonstra aptidão pelo negócio. Mas imagino que um dia ele possa ser chefe da gastronomia, arquiteto, piloto de Fómula 1, trapezista, veterinário, Dog Walker (aquelas pessoas que levam o cachorrinho para passear), mergulhador, astronauta….enfim.

Independente do que eu queira, o que mais desejo é que ele faça o que gosta e seja feliz. Por enquanto, fico imensamente feliz quando o vejo brincando e se sujando bastante. Pra mim, isso faz parte do desenvolvimento, é sinal de saúde.

Sem título-1

*Post patrocinado por OMO

selo_blog_publi

O eBook do bebê

Toda mãe quer registrar cada momento da gestação. Eu me arrependo de na gravidez não ter feito mais registros da barriga. Morro de inveja quando vejo esses vídeos sequenciais que mostram a evolução da barriga de uma futura mamãe.

Toda mãe quer ter recordação do crescimento do seu filho do nascimento até os 18 anos primeiros passos, primeiras palavras, primeiras vezes de tudo. Algumas ainda conseguem manter o registro no antigo livro do bebê. Eu tenho esse livro, ganhei de presente da Dani, minha amigona-mãe-já-de-dois. Mas nos dias atuais são tantas atribuições: trabalho, casa, marido, amigos, família, o filho crescendo e você esquecendo de atualizar o tal livro.  Quem nunca?

A era digital modernizou nossas vidas. E foi pensando especialmente nas mamães contemporâneas que a Dermodex Prevent desenvolveu o Programa de Relacionamento Dermodex Prevent. Com 8 aplicativos, o programa é fácil de navegar e proporciona o registro do desenvolvimento do seu bebê da gestação até os dois anos de idade (ou mais).

As grávidas podem receber boletins semanais com informativo sobre o desenvolvimento do bebê, podem fazer o vídeo sequencial da transformação da gravidez (que eu vou ter que esperar até a 2ª gestação), organizar o chá de bebê e ainda convidar os amigos para este evento através do facebook. Depois do nascimento, quando recebemos o atestado de mamães corujas, podemos compartilhar não só fotos, mas todo o progresso do pequeno com toda família e amigos.

Confesso que já tive aversão a tanta tecnologia, mas se vem pra facilitar a nossa vida porque não aderir?! E se for fácil de mexer então…Fui ao teste e pude comprovar o quanto é simples e fácil de usar. Basta ter uma conta no facebook, curtir a página de Dermodex Prevent e seguir as instruções.

Fazer seu cadastro.

Escolher os aplicativos que quer usar.

Experimentei 4 deles – os indicados para as mamães com os bebês já nascidos.

1. Foto Dermodex Prevent. Olha que lindo! Benjamin parece até um bebê propaganda.

2. Árvore do bebê. Esse aqui eu preciso terminar. Minha família é grande e bagunçada, demanda tempo e paciência para organizar. Adoro esse lance de árvore genealógica. Meu enfeite-maternidade era com esse tema.

3. Olha quem está falando. Lembra daqueles balõezinhos com frases divertidas para colar nas fotos?! Então, esse aplicativo permite você selecionar alguns amigos para criar legenda na fotos do seu bebê. Eu já convidei algumas amigas, estou aguardando e contando com a criatividade delas.

4. Acompanhe seu bebê. Nesse aplicativo você registra o desenvolvimento de cada fase do bebê e sua evolução: altura, peso, dentição, primeiras palavras, primeiros passos. Olha aqui imagem da famosa “curva” do meu Ben.

Aproveitei e registrei o nascimento dos dentes dele.

As ferramentas estão disponíveis gratuitamente e podem ser baixadas via facebook e utilizadas tanto em computadores quanto em iPads e iPhones. Dá pra fazer download de tudo! Ou seja, você pode salvar tudo em seu computador/aparelho.

Além dessa facilidade para registrar os momentos mágicos que a maternidade proporciona, as mamães podem ganhar prêmios! Conforme a utilização dos aplicativos, pontos são acumulados e trocados por: Kit Demodex, CD’s “Hora de Nanar”, assinatura da Revista Crescer e vale-compras.  Estou lá toda bossa curtindo a novidade quando para minha surpresa abriu uma caixinha:

Gostou? Bora fazer o registro do desenvolvimento do seu pequeno. Clique aqui e compartilhe com os amigos.

Porque toda mãe tem o direito a corujices.

E quando chega a segunda gravidez

Preciso contar uma novidade para vocês…..

Fala-se muito sobre a primeira gravidez, encontramos inúmeros assuntos a respeito que esclarecem nossas dúvidas, mas porque ficamos grávidas uma vez, a segunda gravidez não merece a devida atenção? Siiiiim…! Recentemente foi lançado o livro “A segunda Gravidez”, da série “A bíblia da Gravidez”. Indispensável para quem está pensando em ter o segundo filho, o livro aborda assuntos e dúvidas comuns das mulheres que querem engravidar novamente (ou que já estão grávidas).

Todo mundo fala que uma gravidez não é igual a outra, logo nem tudo que é abordado na primeira gestação serve para a segunda. Um dos assuntos que achei apropriado no livro, são as dicas de como preparar o primeiro filho para a chegada do irmão (a). Mas o livro apresenta várias outras dicas como: o melhor momento para engravidar; rotina de consultas; cuidados com o corpo da mãe e com o bebê; amamentação (durante a gravidez – pode continuar amamentando primeiro filho (?!); e após o nascimento do segundo); cuidados pessoais; como preparar a casa para a chegada do segundo filho; como manter a relação com o parceiro (reservar tempo para vocês dois, intimidade, desejo sexual); parto (cesária e normal – independente de como foi o primeiro); além de preocupações da mãe de segunda viagem (sim, as preocupações sempre existem!).

Além de conter excelente conteúdo, o livro é muito bonito editorialmente.

A Segunda Gravidez
Consultores Editoriais: Dr. Wladimir Taborda, Dr. Mariano Tamura e Dra. Alice D. Deutsch
CMS Editora
ISBN: 978-85-86889-90-5
Ano: 2012
Edição: 1ª
Acabamento: Capa dura
Tamanho: 19,5 X 25,0 cm
páginas: 128
Brochura
Preço: R$ 69,00

Livros: aliados na formação e educação de crianças – Dica da Magazine Luiza

Recebemos esse artigo criado pela equipe do Magazine Luiza exclusivamente para Bossa Mãe – que acredita no poder dos livros na formação e educação dos pequenos.

*

Promover uma infância feliz, que permita um desenvolvimento satisfatório dos pequenos, é um dos principais objetivos e preocupações dos pais. Essa formação pode ser facilitada por meio de brinquedos e brincadeiras específicas, conhecidas popularmente como “pedagógicas” ou “educativas”.

Assim, o ato de brincar, mais do que uma atividade lúdica, permite que a criança desenvolva suas habilidades, teste seus limites e, em suma, aprenda, literalmente, brincando.

Para desenvolver o lado cognitivo dos pequenos, desde a primeira infância, é possível trabalhar a imaginação e a criatividade com livros, que proporcionam estímulo para todas as idades. As crianças que têm acesso a estes recursos aprendem a reconhecer as cores, letras, números e formas, desde pequeninas. Além disso, os livros ajudam a desenvolver a capacidade de diferenciar figuras e trabalham a memória.

Para bebês e crianças de até 1 ano, os livros mais indicados são aqueles com cores vivas e vibrantes e confeccionados com plástico, que podem ser manuseados durante o banho. Os que são em 3D, com as figuras ‘saltando’ das páginas também são ótimos para os pequenos com menos de um ano.

A partir do primeiro até o terceiro ano, a criança deve ser exposta a livros que mexam com sua imaginação e criatividade. Essa é a fase em que os pequenos experimentam vários papéis, é a fase do faz-de-conta e não deve ser restringida. Contos de fadas, histórias com heróis e enredos fictícios são os ideais.

Como ainda não sabem ler, os pais podem ler e contar as histórias, o que trabalha a imaginação dos pequenos. Além disso, é possível incluir fantoches, máscaras, kits de pintura e de desenhos, assim como instrumentos musicais, na lista de brinquedos e brincadeiras.

Outras possibilidades são os livros com dedoche, que permitem que, além da história contada, a criança crie a sua. Os livros com áudio em CD ajudam a moldar a atenção, do mesmo modo que os livros com visor “mágico” e os de colorir estimulam a imaginação.

 

Brincadeiras saudáveis que deixem a imaginação fluir | Via Norma Dutra

Depois dos cinco anos, as crianças já podem ler livros com pequenos textos e desenhos mais elaborados.

Além de trazer ensinamentos, oferecer livros às crianças desde muito pequenas as ajudará na escola e no aprendizado. Assim, será criado o hábito da leitura, bem como o da exploração de outros recursos. É comprovado cientificamente, quem lê mais se sai melhor em testes. E o mesmo vale para escola e na vida.

Pequena Fábula – Sorteio livros

Quem aí gosta de Franz Kafka põe o dedo aqui! É vergonhoso o que vou dizer, mas particularmente acho as obras dele difíceis. O marido adora! Kafka foi um dos maiores escritores de ficção da língua alemã do século XX, com forte influência sobre a literatura ocidental. Em suas obras sempre retratou um mundo impessoal, burocrático e realista. Eu nunca tinha lido um livro dele até conhecer o mais recente lançamento da Editora Autêntica, novidade na Bienal do Livro.

Isso mesmo! Agora as crianças também poderão conhecer a obra de Franz Kafka e de forma mais simples. Mas aí você me pergunta: o que raios tem a ver Kafka com criança? Qual delas vai se interessar por ele? E eu te respondo: através de um conto para todas as idades, chamado Pequena Fábula . Uma obra com ilustrações de Enrique Martinez – com imagens no melhor estilo Kafka -, em que o autor conta sobre a vida de um rato que percorre as ruas de uma cidade, sentindo os muros e demais espaços se estreitarem, o acuando cada vez mais, até chegar a um beco onde o gato, que na verdade era quem o espreitava a todo o tempo, o espera. Um retrato da vida real, com seus perigos e armadilhas, muitas vezes inevitáveis. A narrativa é envolvente e intrigante.

Este é último sorteio da semana cultural do Bossa Mãe, prestando homenagem e pegando carona na Bienal do Livro 2012. Não custa repetir que os livros transformam o mundo, que mudam a história e que o incentivo à leitura infantil nada mais é que uma pequena contribuição deste blog, em busca de um mundo melhor. Independente da época, com ou sem Bienal, leia. E incentive os pequenos a lerem.

Para concorrer ao livro, você já sabe:

1. Deixar um comentário neste post, com seu nome (não vale postar duas vezes);

2. Curta o Bossa Mãe no facebook. Clique aqui! (Se você já apareceu aqui essa semana, é só pular uma casa);

3. Curta a página da Editora Autêntica no facebook. Aqui ó! (se já fez isso pule uma casa);

4. Se gostou dessa ideia, compartilhe.

Agora é só torcer.

As inscrições para este sorteio vão até terça-feira, dia 21/08, e o ganhador será divulgado na quarta-feira, dia 22/08.

O ramo, o vento – Sorteio livros

Gosto de poesia. Não falo de poesia que rima mamão com mão, rato com gato, planeta com violeta, Benjamin com Alecrim…falo de poesia abstrata, que fala do transitório, daquela, algumas vezes, sem sentido aparente. Sou filha de poeta. O que seria da vida sem a poesia?! Quero que meu filho goste de poesias, que encontre sempre o belo na simplicidade, que tenha sensibilidade para perceber a sutileza das coisas.

O livro de hoje é “O ramo, o vento” e reúne tudo isso. Ele é inteiro poesia, do texto às imagens. Fala dessas coisas perceptíveis por um segundo, aquele pequeno momento que apreciamos um pássaro numa árvore, seu canto. Da brisa em nosso rosto – o mesmo vento que balança nossos cabelos, as folhas, o vento que é nosso ar… E que está sempre presente, mesmo parado, mesmo em silêncio.  É, a poesia nos faz viajar….

Os poemas são do poeta e ensaísta mexicano Octavio Paz. Poeta consagrado, considerado um dos maiores escritores do século XX, ganhou Prêmio Miguel de Cervantes e Prêmio Nobel de Literatura. Suas obras são lidas em todo o mundo!

Eu indico para crianças a partir de 4 anos. Mas todo mundo pode apreciar esse livro.

Esse é o penúltimo livro da semana de sorteios. Siiiimmmm, está chegando ao fim. Para participar, siga os passos abaixo:

1. Deixar um comentário neste post, com seu nome (ATENÇÃO: 1. vale apenas um comentário por pessoa. Não adianta, nomes repetidos e/ou parecidos e/ou abreviados serão desclassificados. 2. Quer mais chance de ganhar? Convide os parentes e amigos próximos para participarem);

2. Curta o Bossa Mãe no facebbok. Clique aqui! (Se você já apareceu aqui essa semana, é só pular esse passo);

3. Curta a página da Editora Autêntica no facebook. Aqui ó!

4. Compartilhe o link desse post. Vamos espalhar essa ideia, vamos incentivar o amor pela leitura em nossas crianças, vamos proporcionar outros mundos, vamos apresentá-las outras histórias, vamos mostrar a poesia.

Super boa sorte!

As inscrições para este sorteio vão até segunda-feira, dia 20/08, e o ganhador será divulgado na terça-feira, dia 21/08.

Flop – a História de um Peixinho Japonês na China – Sorteio do livro

Quando vi esse livro, me dei conta de como nós adultos temos uma visão bem diferente do mundo. Só os filhos mesmo para nos fazer enxergar as coisas com outros olhos. Talvez a correria do dia a dia nos faz esquecer o quanto a vida é efêmera.

Ainda bem que existem os livros. Para mudar a nossa história. Para nos fazer viajar. Para instigar nossa imaginação. Para nos ensinar um bocado de coisas. E não é diferente para os nossos filhos. Muitos livros infantis estão aí para incentivar os pequenos a fazer xixi no penico, largar a chupeta, conhecer os formatos, números, cores…há ainda os que ensinam às crianças sobre natureza, amor, amizade, compaixão, companheirismo…todos sempre repletos de ideias originais.

Entre tantas opções, Flop – a História de um Peixinho Japonês na China, ganha destaque. Produzido exclusivamente com imagens, a história de um menino que um dia escolhe um peixinho para ser seu bicho de estimação, é banhada de poesia e criatividade. O menino e seu companheiro se tornam inseparáveis. Passam a fazer tudo juntos: dormem, tomam banho, fazem as refeições, brindam, passeiam pelas ruas,  até que um dia, num desses passeios, essa amizade tão bonita toma outra direção…A história que desperta a curiosidade desde a primeira página, é comovente.

Publicado pela Editora Panda Books, o livro é uma criação do ilustrador francês Laurent Cardon, que mora no Brasil há 17 anos.    Essa obra faz parte da lista dos 30 melhores livros infantis do ano, pela revista Crescer, publicada na edição de junho/2012. Sem dúvida, livro obrigatório na prateleira dos pequenos. Indicado para crianças a partir de 3 anos. Mas eu indico aos pais sentarem com os pequenos de dois anos, para apreciarem juntos essa história.

O Bossa Mãe vai sortear um exemplar para seus leitores. Para participar, siga os passos abaixo:

1.Deixe um comentário neste post, com seu nome (vale apenas um comentário por pessoa), até o dia 18/08, sábado. O resultado será divulgado no domingo, 19/08.

2.  Curta o Bossa Mãe no facebook. É só clicar aqui! (Se você já curte, pule uma casa);

3. Curta a página da editora Panda Books no facebook. Clique aqui!

4. Agora que você já está mesmo no facebook, compartilhe o link desse post na sua página (afinal, livro é conhecimento e conhecimento a gente tem que compartilhar, porque não informar o sorteio do livro para os amigos? Se um ganhar pode emprestar e assim sucessivamente)

Fácil, né?

Quem pode participar: todo mundo! Independente se você está participando ou não do sorteio de ontem.

Dosagem extra de boa sorte!

Semana de sorteios – livros

Nessa semana, o Bossa Mãe está em clima de Bienal do Livro e abre espaço para uma campanha de incentivo à leitura infantil. Porque, como diz o tema da Bienal, livros transformam o mundo, mudam a história. Inclusive a dos nossos filhos.

No decorrer da semana, serão sorteados vários livros. Hoje, primeiro dia da campanha, o livro é destinado aos pais: “Soluções para disciplina sem choro”. Falei desse livro na semana passada, nesse post aqui. Tem várias dicas para lidar bem com as birras e nos fazer entender melhor o comportamento dos pequenos. Super indico a leitura.

De terça a sexta-feira serão sorteados livros destinados aos pequenos.

Quem pode participar: todo mundo do Oiapoque ao Chuí.

Para concorrer a este sorteio é muito simples, fácil e rápido (tipo Miojo, em 3 minutos!):

1. Deixar um comentário neste post, com seu nome (vale apenas um comentário por pessoa), até o dia 17/08, sexta-feira;

2.  Curtir o Bossa Mãe no facebook. É só clicar aqui! (Se você já curte, pule uma casa);

3. Curtir a página da editora M. Books no facebook. Clique aqui!

Fácil, né?

Boa sorte!!!