Aniversário

Filho, você completou dois anos ontem. Há alguns dias venho falando pra você que seu aniversário estava chegando. Incrível como você pegou o espírito da coisa rápido. Até o Pequeno Príncipe você conheceu e adorou!

Você acordou super animado. Minha mãe, sua avó, no meu aniversário ou da sua tia, sempre colocava uma música que representava aquela data. Pra você coloquei Aniversário, de Palavra Cantada. Para seu café da manhã, fiz uma vitamina e você tomou tudinho. Depois ficou com a vovó enquanto fomos arrumar o salão de festas.

Sua festa foi simples, mas feita com muito amor e carinho. Vovó Sasa, tia Luana, tia Gisele contribuíram muito para a festa ser um sucesso. Toda nossa família estava presente e muitos amigos da mamãe e do papai. Todos que nos querem bem.

Você estava radiante como sempre. Pensei que ficaria grudado a mim – o que tem acontecido nas últimas semanas. Mas não, no começo você ficou, depois se esbaldou com as outras crianças. E eu fiquei feliz por ver você feliz.

Do dicionário, comemoração é uma cerimônia realizada em memória de um acontecimento importante. Lembrança, memória.

E o seu aniversário, filho, para mamãe e para o papai é um acontecimento mega importante. É o dia que marca a transformações da nossas vidas.

Brincar e estar rodeado das pessoas que gostamos faz parte dessa e de outras comemorações.

Esse só foi o seu segundo aniversário. Temos muitos anos e muitas comemorações pela frente, filho.

20130617-174022.jpg

Anúncios

O filho mais bonito do mundo (por Roberto Piffer)

Lembro-me de uma vez em que proferi a seguinte frase: “acho meu filho o mais bonito do mundo, perto dele, acho os demais bebês feios!”

Claro, assim como você deve estar pensando agora, quem estava por perto logo achou a exclamação exagerada e seu anunciante arrogante e soberbo… Mas vamos entender melhor o contexto e examinar a situação:

Quando eu disse isso, foi no sentido de que, independente de onde você esteja, sempre vai achar seu filho lindo. E vendo-o em meio aos outros bebês, qualquer um deles, você sabe muito bem que ele será o destaque, brilhando e cintilando para você. Isso é sentimento de pai pra filho, de mãe pra filho. Quem, nessas condições, discorda disso e não acha seu próprio filho o mais lindo?

Segundo ponto: quem estava comigo na ocasião ainda não tinha filhos. Bom, a eles junto quem lê o texto e também não tem. Digo que é difícil de entender, mas só tendo um filho para saber o amor que se tem por ele. E compreender os olhos que você terá para eles.

Nem precisa tanto, mas faça um exercício… Imagine seu filho figurando em qualquer comercial de bebês na televisão: de fraldas, de sabonete, de shampoo, de papinha. Pense e veja como ele fica lindo, como ele é lindo… E que jeito tem com as câmeras, que desenvoltura!

Com pinta de "só não sou modelo porque não quero!"

Com pinta de “só não sou modelo porque não quero!”

Devaneios à parte, volto-me para uma preocupação muito, mas muito mais séria: “E com a vinda do segundo filho, quem será o mais lindo do mundo?!?”

Acho que a resposta só virá junto com esta nova pessoa, mas já pensei em algumas soluções:

a) Se for menina, basta ser o filho mais lindO e a filha mais lindA! Simples!

b) Já se for menino, o jeito é eleger o mais lindo e o mais bonito, criando uma espécie de premiação ou menção honrosa diferente, mas ao mesmo tempo igual para cada um. E se vier outro ainda, tem mais uma alternativa: o mais belo.

Depois disso tudo, acho que deu para entender que tem espaço para todo mundo ter o filho (ou filha) mais bonito do mundo. Você tem o seu, ela tem o dela, eu tenho o meu… e por aí vai.

Até feio ele fica bonito...!!!

Até feio ele fica bonito…!!!

Você veio para enfeitar a minha vida

Filho, hoje estamos completando um ano. Um ano da sua vida. Um ano da minha vida como mãe. Há um ano, num domingo lindo de sol, quando estávamos saindo da maternidade, enquanto fazíamos o caminho pra casa, fiquei pensando no mundo de coisas e lugares que tinha para apresentar a você. Não passou pela minha cabeça que você, tão pequeno, também me apresentaria ao mundo. Desde então você me faz enxergar a vida com outra expectativa, com olhos de quem vê tudo pela primeira vez.

Com você fiquei convicta que a vida é transformação. Sempre tive muito medo do tempo, mas você me faz compreender que ele é também nosso aliado. O tempo resgata nossa história. E mesmo vendo a voracidade com que você cresce, procuro pensar em tudo que vai ficar registrado em minha memória: o cheiro desse tempo, as formas, as músicas, o sabor, o som da sua voz, suas gargalhadas… Além, de não esquecer um minuto sequer que estamos conhecendo um mundo juntos.

No mundo você vai encontrar de tudo. Pessoas que vão te amar e outras que não. Pessoas de caráter e outras sem. Uma vez eu li num livro – que um dia você vai ler, “os seres humanos me assombram”. É verdade. É inevitável o sofrimento, a decepção. Algumas coisas fogem do nosso controle. Eu gostaria muito, mas não poderei evitar algumas situações. No entanto, vou estar ao seu lado para compartilhar TODOS os momentos de nossas vidas.

Dizem que os filhos são do mundo, então hoje desejo ter sabedoria para educar e deixar um filho melhor para o mundo. Espero que um dia você compreenda meus sins, nãos, e tantos apertos, beijos, cheiros…

Disseram-me que você seria minha grande lição de vida. Na gravidez mesmo vi qual era essa lição: perda do controle que eu pensava ter da vida.Você me torna uma pessoa melhor a cada dia. Você é a descoberta de quem sou e de onde quero chegar. Parafraseando Chico Buarque, você veio para enfeitar minha vida, tipo festa sem fim, tipo assim um baião Gonzaga.

Hoje é seu primeiro aniversário, lhe desejo um céu cheio de estrelas.

Amo-te incondicionalmente para sempre e por todas as vidas.