Promessa de mudança de hábito

Sabe promessa de final de ano? Eu estou assim com relação ao apartamento. Ando falando que vou fazer tudo quando mudarmos.

“Quano mudarmos….vou fazer a transição do Benjamin do berço para caminha”

“Quando mudarmos…. vou colocar o Benjamin na natação.”

“Quando mudarmos….vamos voltar a fazer as refeições à mesa.”

A mais nova promessa é: vou colocar uma rotina para tomarmos café da manhã, mas só….quando mudarmos.

Calma, Benjamin toma café da manhã! Quem não toma são os pais. Durante a semana, não comemos e bebemos absolutamente nada. Estamos sempre com horário apertado e não temos esse costume.

No entanto, Benjamin está crescendo e está na hora de implementarmos algumas rotinas para que ele tenha o costume. É o tal do exemplo.

Aos 32 anos, vivo ouvindo sermão dos meus pais e de tias sobre a importância de tomar café da manhã, que é a refeição mais importante do dia, dá mais disposição e ainda aumenta nossa capacidade de concentração.

Você não dá importância para tais sermões até se tornar mãe. Aí você passa a querer o melhor para seu filho e isso inclui mudar seus hábitos também.

Em 2012, a Nestlé, encomendou um estudo no Brasil, no qual foi avaliado a percepção de 300 profissionais da educação sobre os hábitos alimentares dos alunos e, 64% desses entrevistados afirmaram perceber que os estudantes não tomam café da manhã. O indicativo era falta de atenção e dificuldade de concentração durante as aulas.

Ou seja, meus pais e minhas tias estão certíssimos no sermão.

Entre os educadores entrevistados, 89% reconhecem que a falta de café da manhã influencia o aproveitamento das aulas e 95% entendem que crianças alimentadas têm mais disposição para aprender.

De acordo com a Pirâmide Alimentar Brasileira, um café da manhã balanceado deve incluir alimentos que oferecem energia e todos os nutrientes em quantidades e proporções equilibradas. Um exemplo, da Nestlé, de um café da manhã balanceado com cereais matinais pode incluir:

  • 1 porção de cereais (preferência aos grãos integrais, que fornecem fibras e nutrientes essenciais);
  • 1 porção de leite ou produtos lácteos (boas fontes de cálcio);
  • 1 porção de frutas (fonte de vitaminas e minerais)

Paola, minha amiga-mãe-blogueira e nutricionista, do Maternidade Colorida, ressalta “para cada idade, existem alimentos corretos para se ter uma alimentação saudável e equilibrada”. Segundo ela e vários outros nutricionistas que já ouvi, inclusive, a Sociedade Brasileira de Pediatria, bebês e crianças até 2 anos não devem ingerir açúcar. E as maiores podem consumir com moderação. Paola cita exemplos: se tomar leite com Nescau cereal, não precisa acrescentar açúcar; se colocar achocolatado, também não precisa do açúcar. “Uma boa forma de adoçar o leite é batê-lo com frutas doces: banana, mamão, maça”, sugere a nutricionista.

A vida é feita de escolhas. E incluir 20 minutos do dia para um café da manhã em família, só pode agregar coisas boas, entre elas, harmonia, cumplicidade, a troca de momentos que farão toda diferença ao longo do dia e de nossas vidas.

Anúncios
Post anterior
Deixe um comentário

3 Comentários

  1. hsordili

     /  13 de agosto de 2013

    Eu nao vivo sem o cafe da manha, e os meus pequenos tb,
    O Ota nao curte, toma só cafe preto mesmo…
    Mas faz toda diferença no modo como começo o dia!
    beijao
    Lele

    Responder
  2. Eu passei a tomar café da manhã há quase um ano que foi justamente quando nos mudamos. Quando morava na casa de mamãe, estudava pela manhã e não “dava tempo” de tomar café, quando entrei pra faculdade, que era à tarde madrugava na internet e acordava quase na hora do almoço então comia uma fruta e só. Engravidei, fui morar com minha sogra e vomitei do dia em que gravidei até o dia do parto, ou seja… hahaha. Depois que ele nasceu até sentia um pouco de fome, mas comia pouco. Hoje, eu sou uma DRAGA, como muito e muito bem no café, nos lanches, no almoço e no jantar, de forma saudável mas em grandes quantidades. Aprendi a tomar café com meu marido e me sinto muito melhor.

    Responder
  3. Sabe que passei por um período aqui em casa em que deixei tudo para “depois do concurso”, sorte que o concurso já passou! Com relação ao café da manhã, na minha casa não tínhamos este hábito, mas como sempre acordava com fome acabava comendo alguma coisinha. Quanto entrei na universidade a fome matinal piorou e senti que realmente precisava de uma refeição mais reforçada para aguentar a rotina de cursar engenharia em período integral, com aulas de cálculo logo as 7:30 com duração de 2h!! Por sorte o marido já tem este hábito, é de família, então já estamos habituados a acordar 20 ou 30 minutos mais cedo para fazermos esta refeição juntos. O Joaquim acorda por volta das 7h, toma a mamadeira de leite enquanto nos trocamos e fazemos nossa higiene matinal, depois sentamos todos a mesa para nosso café da manhã. O Joca, como bom gulosinho que é, mesmo tendo tomado mamadeira come um pãozinho com geleia caseira ou requeijão, a depender do horário e do dia já come a sua fruta da manhã! Acho super válido e importante termos essa rotina!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: