Amor que emociona

Viajamos de férias e deixamos a Capitu na colônia de férias – leia-se na casa da minha irmã Luana, onde ela se diverte muito com outra cachorra. Até para praia ela foi! Foram 15 dias sem a Capitulina por perto.

No dia em fomos no Zoológico, na loja de lembranças do parque, Benzoca pegou uma preguiça de pelúcia e abraçava dizendo que era a “pitu”. Tão pequeno e meu filho já sabe o que é sentir saudades…

Domingo passado foi o reencontro deles. Benzoca abraçou a Capitu milhares de vezes. Quando chegamos em casa com ela, ele começou a atormentá-la: subir em cima dela, bater nela com as palhetas da bateria, puxar o rabo, não podia ver a cachorra quieta. Impressionante como ela adora, mesmo quando já não aguenta mais aquele ser mirim que já tinha sido do tamanho dela, inclusive andado como ela (em quatro patas) e que agora monta nela como se ela fosse um cavalinho.

Segunda-feira meu Ben foi para a escolinha e ela ficou amuada o dia inteiro. Vomitou, fez cocô mole e ficou o dia todo deitadinha. Quando ele chegou, acabou sua paz. Tentei explicar a ele que naquele momento ela precisava mais de carinho do que de bagunça e puxões. Acho que ele entendeu, pois na hora de dormir ele a viu deitada no pé da nossa cama e quis deitar lá também. Ela deve ter pensado “lá vem esse menino tirar minha tranquilidade”. Ele a acariciou, abraçou e por fim dormiram assim…

image

image

image

Meu coração transbordou de emoção.

Anúncios
Deixe um comentário

2 Comentários

  1. Sem preço, Gabi!!! Lá em casa, minha Tangerina tem problemas cardíacos. Não sei se por isso, ela não gosta muito de crianças – pois sempre passa mal quando elas começam a correr pela casa. Então, vira e mexe Luquinha faz alguma coisa e ela vai para cima dele. Nunca mordeu, mas agora ele está começando a ficar com medo dela. =( Uma pena. Amamos tanto os dois, queríamos que fossem companheiros. rs Beijoss

    Responder
  2. Oieee, vim conhecer seu blog tb!
    Este ano criei coragem e adotamos uma gatinha para as crianças, eles queriam um cachorrinho mas, não tenho espaço e o acordo foi a gatinha…
    É incrível o amor das crianças com os bichos, né?
    A Cacá atormenta a gata o dia inteirinhoooo mas chega de noite onde é que a gata quer dormir? Com a Cacá, entre todas as camas da casa, ela quer a Cacá, a mesma que aperta, amassa, coloca ela no carrinho de bonecas e etc…
    Ter animais e crianças é uma viagem única né? Indescritível!!

    Bjooo!

    Loreta
    @bagagemdemae

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: