Da série: relação com o berçário x mudanças

Eu adoro o berçário que meu Ben fica. Óbvio né?! Se eu não gostasse já tinha tirado ele de lá. Em novembro vai fazer um ano que Benjamin foi para o berçário. Sempre achei que acertei de primeira. Mas existe sim uma coisa que me incomoda um pouco: a falta de comunicação da escola com os pais dos bebês do berçário. Pelo que sei com os pais das crianças já em educação infantil, tem as reuniões periódicas e tal. Mas com os pais do berçário, que é o meu caso, fica só uma relação superficial.

Eu já disse que uma vez Benjamin foi mordido no berçário e simplesmente veio um recado na agenda. Aquilo me deixou furiosa. O mínimo que eu esperava era alguém me ligar para avisar ou conversar comigo quando eu fosse buscar o Benjamin. Eu não ia fazer escândalo na porta, entendo perfeitamente que essas coisas acontecem, mas gostaria de ser preparada verbalmente e não por um aviso frio na agenda (ou como foi: perceber a mordida sem ler o aviso).

Não sei o que o Benjamin faz no berçário, sério. Digo isso no sentido de que não sei as atividades dele agora, não sei como ele é estimulado, uma vez que ele já anda, imita, dança, canta (do seu jeito), interage incomparavelmente milhões de vezes mais do que quando tinha 5 meses – idade que passou a frequentar o berçário. Não vejo ele fazer nada novo que não tenha aprendido comigo ou com seu pai. Ah, tem uma coisa: inalação (ele faz sozinho e isso não ensinamos)!

Em breve ele vai mudar para o grupo do maternal. Já faz algum tempo que tenho tentado entrar no assunto com a escolinha, dizendo que quero saber quais serão as mudanças, quais são as atividades, etc. A resposta é sempre a mesma: ele vai mudar em janeiro e antes disso os pais serão chamados. Ok. Só que e se eu não ficar satisfeita com os métodos e quiser mudá-lo?! Não terei tempo em dezembro para achar outro lugar já que os melhores lugares têm fila de espera. Se permanecer essa mesma comunicação, por exemplo, não estou satisfeita.

A última foi que semana passada, ao deixar Benjamin no berçário, a tia que veio busca-lo deixou escapar que a berçarista (que eu desconfio ser a preferida do meu Ben, embora eu vejo que ele gosta de todas) desceu para educação infantil. Não foi como uma faca, porque eu seria dramática ao definir assim, mas senti uma apunhalada. Achei que eu, como mãe, poderia ter sido avisada, sei lá por um comunicado na agenda que fosse, qualquer coisa.

Acho que falta inserir mais os pais nas decisões, não para nós decidirmos como queremos que seja, mas no sentido de deixar os pais informados, preparados e estreitar mais a relação pais x escola. Acho que não tem espaço para os pais nas mudanças da escola, é tudo definido por eles e do jeito deles, do tipo “a escola é minha eu que decido”. Ok. Mas eu confio nesse lugar o meu bem mais preciso, pago (e não é barato) e gostaria de estar bem informada a tudo o que acontece que tenha ligação direta com o meu filho. É pedir muito?

Desde o início é a mesma tia que pega(va) o Ben na porta, quando ele a via abria um sorrisão, estendia os braços pra ela, nem queria mais saber de mim, quando outra pegava ele chorava. Eu nunca senti ciúmes, muito pelo contrário, ficava feliz e tranquila porque era nítido que ambos se gostavam muito.

E já faz algum tempo que outra tia o pega e no início percebi que ele não ficava tão confortável, sempre me diziam que a outra tia (a que mudou) estava descendo para pegá-lo. Na semana passada, dos 5 dias, o marido o deixou uma vez e eu quatro vezes. Dessas quatro vezes, três ele chorou. Na sexta, quando soube da mudança, ele estava todo sorridente e quando o entreguei chorou um monte.

Confesso, também senti vontade de chorar. Não por esse motivo, mas por pensar que ao longo da vida, várias pessoas vão entrar e sair na vida do meu Ben. E isso vai ser só mais uma das coisas que ele vai ter que aprender a lidar. E a mãe aqui também. Afinal, não dá para criarmos nossos filhos numa bolha….

Anúncios
Post seguinte
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: