Das coisas que me arrependo durante a gravidez

De ter chorado os três primeiros meses inteiros e principalmente de ter desejado não estar grávida. Tudo porque no início eu não estava vendo graça em ser grávida, não eram as mil maravilhas que pensei que seriam, porque eu acordava passando mal e ia dormir passando mal. E vomitava tudo o que colocava pra dentro, por onde passava.

De não comer verduras. Eu nunca comi (e continuo sem comer) qualquer verde que seja. Não gosto, tenho aflição, não acho saboroso (e não preciso experimentar pra saber que não gosto e pronto). Quando engravidei o que mais ouvi foi “agora tem que comer verduras”. No início me esforcei, mas como passava mal pra caramba, as tentativas não tiveram sucesso. Com 7 meses e pouco de gestação entrei em paranoia. Achava que Benjamin teria algum problema e se tivesse a culpa era minha por não comer verduras. Foi um período horrível emocionalmente, pois imaginava coisas horríveis que podiam acontecer com Benjamin. Pensava a todo instante que se eu sou o que como, meu filho também seria e ele não comeria verduras porque ao invés de enviar esse tipo de alimento pra ele, eu enviava batatas fritas.

Não comprei absolutamente nenhuma roupinha para o enxoval. Como Benjamin é primeiro neto/sobrinho, acabou ganhando tudo. Acho que podia ter comprado uma coisinha aqui, outra ali. Não tenho nenhuma peça para guardar de recordação comprada exclusivamente por mim.

Comprar a poltrona de amamentação. Enquanto o marido insistia ser desnecessário, eu apertava a tecla “quem vai amamentar sou eu”. Hoje sei que podemos amamentar em qualquer lugar, seja no sofá da sala ou na cama. Agora olho para aquela poltrona branca e seu pufe e fico me perguntando o que vou fazer com ela quando formos para o apartamento. Se ela ao menos fosse de tecido, daria para trocar, mudar, sei lá…alguém sugere algo?

Arrependo-me e muito de não ter comprado uma cadeira de balanço no lugar da poltrona. Eu curto. Benjamin curte. Teria sido perfeito. No apartamento ela ficaria na sala. Eu fecho os olhos e imagino no apartamento a cadeira que não existe em casa.

Não ter feito mais vezes massagem Shantala no meu Ben. Agora ele não para mais quieto, não quer saber de massagem.

Não ter parado o carro em vagas exclusiva para grávidas. Alguns shoppings tem essa opção.

Ter comprado o bendito balde para banho. Não de ter comprado, mas de ter comprado exatamente o que compramos. Tenho até vergonha de confessar isso. Compramos no shopping, pagamos R$100!!! A vendedora usou todo o seu poder de persuasão com a mãe de primeira viagem aqui, falando que o tal balde era anatômico, que fazia com que o bebê se sentisse no útero da mãe, proporcionaria o melhor banho do mundo, que nos baldes convencionais os bebês não ficavam confortáveis, etc…… Depois encontrei por R$25. Ok, não era o mesmo balde, mas convenhamos, servia para o mesmo fim. Pronto me libertei dessa culpa!

Anúncios
Deixe um comentário

4 Comentários

  1. Tbm me arrependo de algumas coisas, vou fazer um post desses pra me libertar da culpa tbm! rsrsrs

    bjo

    Responder
  2. Claudia Dal Ri

     /  13 de setembro de 2012

    Ufa, tô até aliviada. Nesses meses iniciais, que minha barriga ainda não se define nem de grávida nem de gordinha, me pego pensando um milhão de coisas que não queria pensar. Sem contar a indagação: “será que essa era a hora certa?”. Ok, os pensamentos vão com a mesma facilidade que vem, mas junto vem a culpa por permiti-los. Agora sei que não estou sozinha, acho que nenhuma gestante está. Afinal, tudo é novo, tudo é mágico, tudo é diferente. Entre vômitos, azias, tonturas, sempre encontramos o tempo certo pra ficar muito feliz e ansiosas com a vinda do nosso baby. Eu choro e rio ao mesmo tempo, pareço uma completa maluca. Uma maluca feliz, sem dúvida!
    PS: Eu tb não curto muita verdura não. Como apenas o habitual de antes e, quando tudo enjoa, só o que para no estômago é batata-frita e pão. Vê se pode? kkkk

    Responder
  1. Sorteio: Livro – A maternidade e o encontro com a própria sombra « bossamae
  2. Enxoval – Parte 1 | bossamae

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: