A famosa manha (ou birra?! ou dente?!) que um dia chega

Faço parte do grupo de mães odiadas por outras. Até eu não me aguento às vezes. É chato trocar experiências maternas comigo. Explico: se uma mãe ou pai param para conversar comigo, desabafar por exemplo, que estão com dificuldades para dormir e perguntam “quando seu filho passou a dormir a noite toda?”, a minha resposta é “quando completou um mês de vida”. Ou “ele teve cólicas?”. Minha resposta é “não”.

Mas é verdade. Benjamin passou a dormir a noite inteirinha com um mês, não teve cólicas, não era chorão e bravo (como as enfermeiras na maternidade me alertaram), não teve muitos problemas com dente (ok, teve e tem alguns momentos enjoadinho, mas os dentes não tiraram o seu nem o nosso sono), nunca teve febre após uma vacina, sempre adorou banho, come papinha desde os 6 meses de idade (detalhe: comia com gosto mesmo, não ficava colocando pra fora, não fazia sujeira, leia-se: não precisava de babador; abria o bocão), agora come comidinhas (e muito bem por sinal. Por enquanto, come naturalmente, e até sozinho: ervilhas, broquis = brócolis, couve e afins), continua dormindo que é uma belezinha a noite toda. De uns tempos pra cá passou a fazer inalação sozinho.


Tem coisa mais chata que uma mãe assim?! Você ouve a gravidez inteira que nunca mais vai dormir e chega uma mãe e diz que dorme a noite toda. Sem contar que a tal mãe não teve dor nenhuma pós-parto e se recuperou super bem. É pra ser invejada odiada, não?

Eu sempre achei que meu Ben era bom demais pra ser verdade. Eu não me achava merecedora de um bebê tão cheio de fofurice, tão sorridente, tão carismático, tão calmo, tão tudo de bom. Pensava: em algum momento vou receber a conta – nem que seja lá na frente. (eu sempre acho que não posso ser feliz plenamente, sempre acho que algo ruim pode acontecer pra mudar tudo. Coisa de gente neurótica mesmo).

Ahá! Mas descobri que meu mundo que já não era cor de rosa, também não é azul bebê. De uma semana pra cá Benjamin está chato pra caramba! Inconveniente, manhoso, inoportuno, birrento, cri-cri, frescurento… O menino “bom de coração” como diz a vovó Salete, continua carinhoso, mas não quer mais saber de abraçar e beijar a mamãe a todo instante (tipo sempre) que ela pede. Se tiramos um objeto da mão dele, faz um mini escândalo. E eu que fui tomada pela culpa por tê-lo deixado cair da cama, fico tentando administrar suas birras, mas no fundo estou morrendo de preocupação do meu maior temor acontecer: meu filho fazer parte do grupo de crianças que faz shows de birras – que gritam e se debatem no chão (sabe como é?!).

Google imagens

Eu fico refletindo sobre tudo que li no livro “Disciplina sem choro”, sobre os bebês não compreenderem as coisas como nós, sobre a paciência que devemos ter, sobre conversar com eles na mesma altura e sempre olhando nos olhos, que disciplina significa ensinar, et cetera. Estou tentando…mas o fato é que nos últimos dias, meu filho está uma criaturinha enjoada demais. Ainda é cedo para diagnosticar como birra de fato, estou apostando que é uma fase de vários dentes que resolveram sair de uma vez, afinal meu Ben passou a babar mais do que quando nasceram seus primeiros dentinhos.

Meu Ben, mamãe te ama incondicionalmente, mas você anda meio chatinho viu?!

Anúncios
Deixe um comentário

3 Comentários

  1. Karina Norberto

     /  28 de agosto de 2012

    Gabis!! Eu sou essa mãe chataaa igual vc, odiada kkkkkkkk …. íamos nos divertir então contando essas fases deles não darem trabalho nenhum. O Lucas dorme no quarto dele desde o primeiro dia em casa, e desde a maternidade, a noite toda!! …. Eu dei muita risada com suas palavras no início, me sentia assim também!! ………. Mas quanto à fase de birras, passei também por isso, o Lucas teve uma recente, no mês retrasado, que inclusive fui chamada na escolinha pra conversar com a psicóloga, mas foi fase, mudamos nosso comportamento com ele e funcionou que é uma beleza!! Fique tranquila, pode ser os dentinhos, mas pode ser também as mudanças normais da fase, eu também falei pro Lucas “vc ta muito chatinho filhoooo” kkkk ……… Beijos querida

    Responder
  2. ahahah! comecei a ler o post e pensei: aguarde e verás.
    ahahahha!
    eu sempre me gabei do meu benjoca ser ótimo pra comer.
    pois bem, de menos de um mês para cá ele anda HIPER seletivo com comida.
    só come o que quer, na hora que quer. nem adianta forçar.

    mas podemos continuar agradecendo a deus pelas milhares de outras qualidades.
    ehehhehe

    bjs

    Responder
  1. A chupeta e a neura da mãe « bossamae

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: