Lições de vida – as primeiras de uma série

Tenho pensado muito nesse lance de gentileza, educação, bom comportamento…até que outro dia li no Pontencial Gestante, uma lista de coisas que quero ensinar para o meu filho (post para o qual votei e estou torcendo muito para ganhar o concurso “O Melhor post do Mundo”).

Antes de ter filho eu já pensava nisso, mas agora acho que se tornou uma questão gritante. Tenho uma personalidade muito forte, me irrito com coisas que, confesso, nem haveria necessidade, e tenho me controlado em diversas situações para que meu filho não aprenda esse lado feio da mãe dele. Mas tem coisas que me tiram do sério, que me dá vontade até de tirar satisfação com o ser humano que comete, como um dos itens mencionados no post indicado acima: não esperar as pessoas saírem do elevador para outras entrarem. Ou ainda, chamar o elevador no primeiro andar para ir até o térreo quando você poderia descer a pé dois lances de escada (arrrrrh como isso me tira do sério…!). Ou não recolher seu lixo da mesa da praça de alimentação. E ver alguém jogar lixo pela janela, meudeus…!

Não sou perfeita, obviamente, mas gostaria, assim como a Luíza Diener, de reeducar o mundo ou pelo menos que as pessoas que habitam esse mundão de meu Deus refletissem um pouco mais sobre seus pequenos atos. Outro dia me disseram “educação vem de casa”. É, acho que começa lá. Inspirada pela pelo post da Luíza, registro outras coisas que quero ensinar para o meu Ben. Algumas lições básicas, digamos de convivência e, para um mundo (um pouco) melhor:

Porque “obrigado”, “por favor”, “desculpe-me”, “bom dia” são palavrinhas mágicas
– a vida é corrida, mas não a ponto de você não se desculpar de um esbarrão, não agradecer um garçom que lhe serve um café ou muito menos não lhe pedir “por favor”. E “bom dia” é bem melhor quando dado com entusiasmo.

Assuma seus erros
– não culpe ninguém em seu lugar e, quando errar, assuma. Não é feio errar. Feio é não assumir um erro ou culpar outro em seu lugar. Ninguém nasceu sabendo. E com erros também aprendemos.

O mundo não gira em torno do seu umbigo
– eu, seu pai, seus avós, te amaremos para sempre, mas você não é perfeito e nem melhor que ninguém.

Seja bom
– as pessoas boas transmitem isso em suas atitudes, palavras e na vontade de verem as coisas darem certo. Faça por onde.

Gentileza
– nem sempre gentileza gera gentileza. Na teoria sim, mas na prática…porém, nunca deixe de ser gentil.

O mau-humor é só seu – ninguém tem nada a ver com seus problemas, portanto nunca chegue no trabalho (ou na escola, ou no berçário, no caso do Ben) poluindo o ambiente com o seu mau-humor. Se for o caso, fale que não está num dia bom e fique quieto na sua.

A boa vizinhança – não fique entre amigos conversando alto na porta da casa de outras pessoas, muito menos fique gritando de madrugada na rua. Som alto então, nem se fala… com música ruim ainda, pior não tem…

Não prive as pessoas do melhor de si – ou seja, não fique preso na tela de um computador, televisão, vídeo game! Converse, relacione-se, busque interesse pelo outro e pelo coletivo. Viva a vida real, não virtual.

Amizades (ou relacionamentos em geral) – é preciso cultivar, sempre!

Leia muito e ouça música – a leitura é fonte inesgotável de conhecimento e cultura. Música alegra e acalma a alma.

Não queira sempre ter razão – existem várias verdades, a minha, a sua e a do outro. Cada um acredita no que lhe convém. Não adianta querermos convencer o outro da nossa verdade. Isso inclui, numa briga, por exemplo, não querer ganhar sempre. É aquela velha historinha “você quer ter razão ou ser feliz?”. Ouça a mamãe, filho, ser feliz é a melhor escolha.

E, meu Ben, não esqueça de todos esses outros conselhos: que também faço questão de ensinar a você.

Anúncios
Deixe um comentário

2 Comentários

  1. lindo!
    linda
    onde assina?

    Responder
  1. Da série lições de vida: as pessoas quebram « bossamae

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: