Ninguém segura esse bebê

Hoje foi um dia especial.

Já faz quase um mês que Benjamin ensaia engatinhar. Um mês que ele fica na posição balançado pra frente e pra trás. Há um mês quando ele começou esse ensaio, pensei: “nossa, daqui uma semana ele estará engatinhando!” Tudo é tão rápido que até faz a gente perder noção. Faz uma semana, por exemplo, que ele começou a levantar sozinho. Um dia ele levantou e acho que nem se deu conta do que fez. Ficou dois dias sem levantar e quando fez novamente não parou mais. Faz com a maior naturalidade.

Hoje o carro resolveu nos deixar na mão e não conseguimos levar o Ben para o berçário. Ele ficou aqui em casa com a avó. Estava a caminho de casa quando liguei pra minha mãe:

– Não deixa Benjamin sozinho na cama.

– Ah, eu sei, eu vi que ele está engatinhando.

– O que você disse, mãe?

– Ele está engatinhando!

– Oi? Como?

Sim, Benjamin começou engatinhar hoje. Minha mãe pensou que ele já estivesse fazendo isso há dias devido tamanha habilidade que demonstrava. Fiquei tão surpresa quanto ela. Primeiro: eu não imaginava que seria assim tão de repente (ok, não foi, mas é como se tivesse sido). Foi de um dia pro outro. Simples assim. E eu queria ter visto. Simples assim. Segundo: eu imaginava que um dia inesperado eu abriria a agenda do berçário e estaria escrito: MÃE, BENJAMIN ENGATINHOU HOJE!!!

*

Impressionante. Benjamin começou a engatinhar hoje e mostra grande disposição para ir de um lado para o outro. Até atrás da Capitu ele foi. Já era louco pra pegá-la, agora então vai que vai.

O que faço agora? Parece uma pergunta sem sentido, mas eu sou mãe de primeira viagem! Fiquei pensando: eu sempre coloco um acolchoado no chão para meu Ben ficar mais a vontade. Mas agora esse menino engatinha, não dá pra colocar acolchoado na sala inteira, nos quartos…moramos num sobrado, preciso agora colocar uma proteção na escada (tipo um portão). Ele vai engatinhar sem uma proteção nas mãos? Ele leva a mão à boca a todo instante, ou seja, vai esfregar a mão no chão e colocar na boca (?!). E tem a cachorrinha Capitu. Ela é educada tem o seu “banheirinho” e Benjamin AINDA não vai ter noção de como chegar até lá. Ela é limpinha, mandamos para banho todo final de semana, nem passeamos com ela na rua, mas ela é peludinha, enfim…é uma cachorra! Uma cachorra que circula na casa.

Não quero super proteger o meu filho, mas imagino que existem alguns cuidados higiênicos que devemos tomar.

*

Para completar as novidades do dia, tinha um envelope em cima da mesa destinado a: Benjamin e Família. Abri. Um convite para uma festinha de aniversário. Uma festa de aniversário num buffet. A primeira do meu Ben. A primeira da família. O primeiro convite da minha vida social materna.

*

Meu Ben está com 8 meses e 20 dias. Meu filho começou a descobrir o mundo. Aimeudeus…! Eu fiquei tão emocionada quando cheguei em casa e o vi engatinhando em minha direção! Chorei de tanta emoção.

*

Filho torna mesmo a vida inesperada. Surpreendente. Emocionante.

Anúncios
Deixe um comentário

1 comentário

  1. Ih, relaxa… Cuida da segurança, coloca os portões na escada, mantem o chão relativamente limpo (ja que é impossível estar limpo o tempo todo) e deixa ele engatinhar. E ja vai começando a tirar enfeites e outras coisas de cima das mesinhas porque o próximo passo é se levantar nos móveis e mandar tudo para o chão.
    Um beijo

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: