A (temida) lista de recomendações

Já faz algum tempo tenho pensado sobre o assunto: a lista imensa de recomendações que repetimos mil vezes. Essa semana o Caio, do Pais Modernos, escreveu esse post, o que me inspirou a ponto de dar uma explicação pública ao meu marido (e outros pais da rede).

Sabe aquele lance de que as mulheres são preparadas educadas para cuidar da casa e dos filhos?! Então, é como se isso nos desse o direito de fazer a tal listinha, somado a dois fatores:

1. mães acham que sabem tudo (sobre os filhos), mas credito a isso o nosso poder de intuição (outra coisa que tenho pensado muito nos últimos dias: ela existe de verdade);
2. os homens (realmente) não ajudam muito. Eles reclamam da nossa pequena lista de recomendações, mas estão sempre nos fazendo perguntas:

– Pode dar banho agora?
– Que roupa coloca no bebê?
– O que coloco na bolsa que ele leva pra escolinha?
– Troca a fralda agora ou espero?
– Devo levar a manta?
– Ele arrotou, posso colocá-lo no berço?

Estão a todo o momento como se perguntassem: o que faço agora? Isso nos faz sentir doutoradas no assunto, mas não a ponto de não sentir insegurança, ela aumenta ainda mais. Siiiiiimmmm, repetimos milhões de vezes a mesma recomendação por insegurança e/ou nervosismo! Precisamos sentir certeza (mesmo não tendo nunca) de que deixamos tudo sob prévio aviso. Imaginamos milhões de possibilidades e para elas as respostas.

A lista funciona também e, principalmente, para evitar que algo aconteça por falta de aviso. Por que nós mães podemos sair para trabalhar ou para um momento de lazer, mas nunca desligamos o conector/alerta/sensor com a casa e filhos. Estamos constantemente pensando e nos questionando o que já aconteceu, o que poderia ter acontecido, o que está por acontecer. Nossas preocupações são bem maiores que a listinha de recomendações, acreditem! Estou excluindo aqui um fator psicológico: o de que se algo acontecer e a mãe não tiver avisado, a culpa que ela passa sentir pelo ocorrido é multiplicada a culpa que já sente normalmente por qualquer coisa que venha acontecer com a cria. Iiiiiiii, compliquei?! É que a culpa consome a mãe. Sentimos culpa em tempo integral.

Respondendo as perguntas do meu marido e acho que de todos os pais (as mesmas que o Caio colocou em seu post):

Não, nós mães não estamos de sacanagem com vocês. Não os achamos tapados e retardados. Reconhecemos que vocês sabem cuidar dos filhos, mas como toda boa mãe, além de zelosas, somos neuróticas e, fazemos as recomendações não só para os pais, mas para qualquer pessoa que fique com a missão de cuidar dos nossos filhos. Portanto, não é algo pessoal!!! Está claro isso?!

Eu, por exemplo, não me sinto tão à vontade em fazê-la, temo todas as vezes que faço, justamente por esse motivo: não quero que meu marido pense que eu o acho um tapado. Maaaaaaas, não consigo deixar de fazê-la.

Sim, podia ser diferente. Mas o mundo materno tem todas as cores, menos cor de rosa.

*
Pais Modernos é o blog do Caio – um pai que registra as maravilhas da paternidade! Eu achei o blog dele outro dia no Minha Mãe que disse e ADOREI! Sabe o que os homens pensam sobre o seu papel como pai, suas preocupações, sobre nós mães, paternidade, etc.?! Não, né?! Então, passa lá que o Caio conta tudo.

Anúncios
Post seguinte
Deixe um comentário

3 Comentários

  1. Edna

     /  2 de março de 2012

    Excelente blog! Só a título de curiosidade há um agregador de conteúdos chamado Agrega Pais, que é voltado para pais e mães (mas é tão versátil que acaba tendo audiência da família toda, pois, vai dos blogs de mães até blogs geeks ou sobre mma) uma ótima forma de divulgar seu blog para um público bem específico no geral e que está adentrando a internet e uma ótima forma de virar referência para este público.
    http://agregapais.com.br/

    Responder
  2. Obrigado pelo post, querida! Adorei ser mencionado, mas principalmente amei ser respondido hahahaha

    Sempre que a vida corrida permitir, estarei por aqui conferindo seu blog, que eu particularmente já fiquei fã!

    Beijo do Caio
    @PaisModernos_

    Responder
  1. Retrospectiva 2012 Bossa Mãe « bossamae

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: