Berçários, os pais querem participação!

Outra semana meu filho veio, por dois dias seguidos, com chupeta alheia na boca. Não tinha sido a primeira vez, não gostei e conversei com a diretora da escola. Eu mandei um e-mail. Preocupada, li e reli o texto antes de mandar, pois não era o meu intuito só dar um “puxão de orelha” mas também ajudar a encontrar uma estratégia para evitar o ocorrido. Eu sei que passei dias me torturando achando que a escola não tinha gostado dos meus comentários. Mas após várias reflexões, conversas e leituras sobre o assunto, a minha convicção sobre a relação de pais e berçário/escola só fortaleceu. Desencanei (um pouco) sobre o que a escola tinha pensado, se tinha gostado ou não. Falaram-me, que existem mães que reclamam por muito menos. E as que nunca reclamam!

Veja bem, atualmente, resignamos nossos filhos à escola não porque simplesmente estamos renunciando, mas porque precisamos trabalhar para proporcionarmos uma oportunidade de vida melhor para eles. Mas não podemos abdicar do nosso papel de pais e principalmente, educadores. Porém, precisamos de ajuda da instituição: escola.

Cada vez mais a relação entre pais e escola deve ser de parceria. Os pais não devem julgar que a escola não esteja fazendo o melhor, assim como a escola não deve achar que os pais ao fazerem alguma observação estão contra a escola.

O mundo está modificado, as famílias formam outros modelos, são várias transformações que exigem também de pais e escola uma relação de participação mais efetiva. Acho que os pais não querem só reclamar ou destacar observações, querem e sentem necessidade de participar. Pelo menos é o meu caso.

Por exemplo, quando destaquei a importância de não deixar o meu filho com a chupeta alheia, estava pensando não só no bem estar dele mas no bem estar comum, de todos os outros bebês. Além de chupeta ser o objeto pessoal e de higiene, é um transmissor de bactérias (não era a toa que Benjamin estava com sapinho!). Fiz minha observação para o berçário, incluindo sugestões de como evitar esse tipo de coisa.

Refleti muito sobre os critérios que utilizei para a escolha do berçário. Lembrei de como me senti insegura quando comecei a busca. É difícil quando não se tem experiência nenhuma. Hoje eu incluiria um questionamento básico a escola: como a instituição recebe as críticas e sugestões dos pais, o que é feito para uma participação e interação entre pais e escola?

É só isso que os pais atuais querem: fazer parte! Eu gosto do berçário que meu filho está, confio nas pessoas que lá estão e sei que ele é muito bem cuidado, sei que falhas podem acontecer, pois todo mundo está sujeito a elas. E acho que cabe aos pais o papel de alertar a escola e vice-versa. Pais e escolas devem trabalhar juntos na construção da educação, na construção de valores, na geração de bem-estar físico e psicológico dos pequenos. Não deve ser uma relação de cobrança, atritos e sim de parceria! Ninguém está contra ninguém. Até porque se estiver, você avalia e muda o filho de escola. Ambos devem caminhar juntos. Sou chata sim e posso até ser considerada exigente, mas não vejo mal em desejar participar.

Anúncios
Deixe um comentário

2 Comentários

  1. Que legal Gabi!!!
    Bom ver que a discussão toda deu frutos!
    Nem preciso falar que concordo com tudo que você escreveu, né?
    Depois não esquece de contar pra gente que fim teve essa história toda.
    Beijos,
    Ilana

    Responder
    • Oi Ilana!!!
      Menina, conversar com vocês é bão demais!
      A história teve um fim natural (risos), não aconteceu mais até agora e ao que tudo indica, estamos (eu e o berçário) conversando normalmente.
      Beijão

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: