Sr. Sapinho, vai pular em outro brejo

Sempre fui de sofrer pelo sofrimento dos outros, principalmente das pessoas mais próximas. Se pudesse escolher um poder, sem dúvida seria o de exterminar o sofrimento das pessoas que amo (e se não for pedir muito, do mundo). Tenho desejo de resolver o problema de todo mundo só que do meu jeito. A maternidade só intensificou esse sentimento.

Morro só de pensar na possibilidade do meu filho sofrer. Seja sofrimento físico, moral, emocional. Já faz alguns dias que Benjamin está assado – o que havia acontecido uma única vez – e ontem descobrimos que ele está com sapinho na boca. Em conversa com outras mães, com as tias da escola, chego à conclusão que pode ser reação do desenvolvimento de sua dentição. Ele está com dois dentes e até então não tinha tido nenhuma reação, além de coçar bastante.

Liguei para a pediatra para falar das bolinhas e manchas brancas “parece leite, mas não sai na mão” e na mesma hora ela diagnosticou. Queria ter conversado mais com a pediatra, saber os motivos que causam isso, mas ela resumiu em “é causada por fungos, pega no ar, objetos que ele leva à boca”. Não quis prolongar a conversa uma vez que havia ligado à noite na casa da doutora (nenhuma pediatra merece falar com uma mãe neurótica às 21h00).

Compramos o medicamento indicado e depois fui pesquisar sobre o tal sapinho na internet. Li aqui, aqui e aqui. Seu nome científico: monilíase. E daí, né?! As pessoas normais já não querem saber de nomes científicos, quem dirá as mães. É uma infecção causada por um fungo – o mesmo da candidíase, que pode aparecer na boca ou até mesmo na região perineal. Entre os motivos que causam a infecção: a baixa resistência. Muito comum acometer bebês nos seus primeiros meses de vida, principalmente porque levam tudo à boca.

Refletir sobre um monte de informação que a internet nos oferece me causa dois pensamentos: 1. não cair em tentação em pegar a informação como absoluta verdade, 2. cair nessa tentação e me sentir a pior mãe do mundo porque comecei achar que não higienizei corretamente as coisas do meu filho, além de sofrer porque fico imaginando (mesmo tendo lido em diversos sites que na maioria dos casos, sapinho causa mais coceira do que dor) que meu filho está sofrendo. Um doce para quem adivinhar qual pensamento martela mais a minha cabeça. Valendooooo…!

Não contente, como se precisasse de tortura para chegar em uma sentença final, começo a me culpar por não cuidar integralmente do meu filho, por deixá-lo em um berçário, onde ele põe na boca todos os brinquedos que outras crianças também já colocaram e até a chupeta (isso você descobre quando justo no dia que você combina com o marido dele buscar a cria no berçário, a tia entrega o seu filho com uma chupeta alheia na boca).

A mãe sempre acha que cuida melhor do filho e não é porque nos achamos mulher-maravilha-sensacional-muito-foda, mas porque buscamos fazer isso mesmo. E aí vem um fungo com um nome diminutivo e te torna num ser menor ainda.  Quando algo abate nosso filho, por menor que seja o problema, nos causa uma sensação de impotência…….Eu sei que hoje fiquei me sentindo ínfima.

Anúncios
Deixe um comentário

2 Comentários

  1. ah querida, sinto muito… sei que é um probleminha pequeno – e dos males, o menor, que não machuca tanto, né? – mas a gente se sente um lixo qdo o filho está dodói. Melhoras para ele, que se recupere logo (e o fará, acredite), e que vc volte a se sentir a mãe PHODA que certamente o é.

    Um beijo,
    Dani

    http://viagensdeprimeiraviagem.blogspot.com

    Responder
  2. Oi Gabi,
    Obrigada pela visita no blog, vim conhecer o seu também.
    Lindo seu Benjamin, e é isso mesmo, a gente se sente culpada, mas é coisa de mãe.
    Espero que ele esteja melhor, pois só a gente sabe como ficamos quando nossos filhos estão doentinhos…
    Ah, eu fico com o Antônio em casa, optei por deixar de lado minha profissão, e sei que vou pagar um preço por isso, mas foi minha escolha e estamos muito felizes, mas sei também, que logo ele irá para a escolinha, faz parte da vida de filho…rs
    Beijos

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: