Dicas para escolha de um berçário

Como disse aqui e aqui, berçário tem seu lado positivo. Geralmente, é um lugar bem estruturado, com rotina e disciplina, incluem atividades físicas, brincadeiras, propõe interação, estimula a criatividade, sociabilidade e desenvolvimento do bebê. Sem dúvida, minha primeira escolha era Benjamin ter ficado sob cuidados da minha mãe, mas nem tudo pode ser do jeito que desejamos. Embora ainda sinta uma certa angústia e uma saudade imensa do meu Ben, estou gostando da forma como estou encarando a experiência, acho que amadureci muito.

Não sou PHD no assunto, mas para finalizar a saga sobre berçários vou deixar aqui algumas dicas sobre o que ficar atento na escolha de um berçário.

• O local deve ser completamente limpo e sem essa história que o chão está sujo porque é hora da comida. Tem que estar limpo o tempo todo;

 • Iluminação: o lugar deve ter claridade natural da luz do dia;

• Ficar atento: a banheira, dormitórios, berços, roupa de cama;

• É importante cada bebê ter o seu armário/gaveta para guardar as coisas pessoais; 

•  Se tiver um lugar apenas para a preparação das mamadeiras, ótimo! Com prateleiras para dispor as latas de leite e utensílios;

 • Muitos brinquedos em bom estado e apropriados para cada idade;

 • O chão onde as crianças vão brincar deve ter um piso emborrachado;

 • Ter agenda é fundamental para acompanhar o dia do bebê: a refeição, mamadas, se tomou banhou, se fez coco, medicação (quando for o caso). A agenda é o meio de comunicação entre os pais e a escola, nela poderão vir boletos e avisos complementares;

 • Cardápio: a escola deve oferecer um cardápio com a refeição do mês inteiro;

 • Alimentação: algumas escolas fornecem (incluso) no orçamento, outras fora, e em outras é preciso levar de casa. Tem que ver a melhor opção em custo e benefício e que atenda as necessidades do bebê;

 • Calendário: a escola tem que fornecer um calendário anual com a programação completa, exemplo: datas em que a escola ficará fechada, festas comemorativas, etc. Afinal, os pais também precisam se programar;

 • Procure saber se a escola comemora o aniversário das crianças. Nos dias atuais fica quase impossível fazer festa e convidar todos os amiguinhos do seu filho. Então é legal a escola proporcionar esse momento. Verifique como você pode ajudar na organização, o que preparar, enviar, etc.;

 • Visite o mesmo berçário/escolinha em horários diferentes (e prefira ir sem agendar). Se reclamarem: 1. você explica que precisa estar completamente segura do lugar que vai confiar seu filho. 2. não volte mais no lugar, porque se reclamarem não é lugar para colocar seu filho;

 •  Se o berçário tiver referências de amigos ou conhecidos, ótimo! Caso não tenha, pesquise;

 • Pense na localização. Perto de casa ou perto do trabalho? Levei em consideração o horário de fechamento dos berçários. A maioria funciona até as 19h00. Nem em sonho eu consigo chegar a casa esse horário. Optei por um perto do trabalho até para o caso de precisar correr até lá;

 • Pergunte quantas “tias” trabalham no berçário. Geralmente são três bebês para uma berçarista;

 • Procure saber quantos bebês são por turma. Quanto menor o grupo, melhor: maior o cuidado e a atenção com cada bebê;

 • Analise seu orçamento. Berçário é o preço de um MBA! Alguns já são até bilíngue;

•  Câmera!!! É legal você acompanhar seu filho enquanto ele está na escolinha e você no trabalho? Legal. Mas vai fazer isso em tempo integral? E se vê-lo chorar vai correr até o local ou ligar de meia em meia hora? Você pode ver uma cena e interpretar errado: ele pode estar lá de boa, sozinho, meditando, alheio a tudo em sua volta e você achar que ele está triste, depressivo, que não tem amigos, rejeitado pelas tias ou que não é aceito na sociedade infantil. Eu adoraria acompanhar por câmera, mas faria parte do grupo de mães neuróticas e que não podem ser contrariadas. Não, definitivamente, eu não poderia ter acesso ao meu filho no berçário através de uma câmera.

Anúncios
Post anterior
Post seguinte
Deixe um comentário

2 Comentários

  1. Adorei!!!!

    Coloco a minha filha em um berçário e pesquisei tudo isso antes de fechar. Infelizmente, não existe a escola ideal, mas nós podemos afunilar as opções conforme estes itens de pesquisa.

    Adorei!

    Beijo,

    Responder
  1. As dúvidas do maternal « bossamae

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: